• Da redação

12 obras na cidade serão inauguradas sem público


Inaugurações virtuais estão previstas para acontecer a partir do dia 31


O distanciamento social trouxe uma nova forma para a promoção de eventos: virtuais. E esse novo modelo também será usado pelos prefeitos que estão com os mandatos chegando ao fim e com obras para entregar.




Em Holambra, 12 obras deverão ser entregues nas próximas semanas, a partir de 31 de julho. Entre elas estão as pavimentações de trechos da HBR 165, da HBR 210 e da estrada de servidão que liga o bairro Imigrantes à Rodovia SP-107. Serão inauguradas também as obras de reforma do Complexo Aquático Municipal e do Estádio Zeno Capato, das pistas de skate e bicicross da Praça dos Pássaros, e a construção do novo Ginásio Municipal. Completam a lista o novo Almoxarifado Central e Arquivo da Prefeitura, a quarta etapa da remodelação da Alameda Maurício de Nassau, na Praça do Divino Espírito Santo, o acesso de pedestres e ciclistas e a obra de mobilidade urbana no bairro Imigrantes.


Todas as inaugurações serão feitas virtualmente, sem solenidades, para não gerar aglomeração de pessoas em função do enfrentamento ao novo coronavírus. “A prioridade da administração é a conclusão dos investimentos e a entrega das melhorias ao município para que eles possam garantir benefícios práticos no dia-a-dia dos moradores. A presença da comunidade em solenidades inaugurais, na forma em que se dava antes da pandemia, permitia às pessoas a oportunidade de conhecer de perto as obras e equipamentos postos à disposição da sociedade. Mas isso não é o mais importante neste momento. Ainda que virtualmente, vamos procurar promover este encontro por meios eletrônicos”, avaliou o prefeito Fernando Fiori de Godoy.


Segundo a Assessoria de Imprensa, parte das obras, de infraestrutura, já estão disponíveis para uso e benefício dos moradores, como as pavimentações asfálticas, o acesso e mobilidade no bairro Imigrantes e a remodelação da Alameda Maurício de Nassau. Os equipamentos públicos novos ou reformados, como o Ginásio de Esportes e o Complexo Aquático, terão as atividades retomadas tão logo Holambra e a região de Campinas avancem na escalada criada pelo Governo do Estado para o Plano São Paulo. Com exceção do Almoxarifado Central e da reforma do Estádio Municipal, todas as obras foram realizadas a partir de convênios firmados com os governos estadual e federal.


E por se tratar de ano eleitoral, vale reforçar que a legislação proíbe a participação de candidatos em inaugurações a partir do dia 15 de agosto, três meses antes do pleito (devido à pandemia, o calendário inicial, definido pelo Tribunal Superior Eleitoral em dezembro do ano passado, previa o primeiro turno em 4 de outubro, e o segundo, em 25 de outubro. A PEC aprovada pelo Congresso transferiu o primeiro turno para 15 de novembro, e o segundo, para 29 de novembro.

Helga Vilela

39 views0 comments